segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Os outros são os outros, e só ?!


Indiferença, maus tratos, deboches, ignorância, repúdio, simples ações, tristes resultados. De quantas formas mesmo podemos machucar alguém ? Se fossemos elaborar uma lista, certamente precisaríamos de folhas, muitas folhas, incansáveis mãos e um enorme estoque de canetas, para conseguir escrever TANTA PORCARIA que pode sair de nossas bocas em um momento de tristeza/ raiva. Mas porque tantas vezes achamos por bem descarregar nossa "raivinha" em alguém que não tem culpa ?


Pensando bem, analisando os fatos e colocando as peças em seus respectivos lugares, entendemos que ninguém merece nossa ignorância, ainda mais por não compreender o motivo de tal reação, e ainda se houvesse compreendido. Logo, não é louvável perder o nosso precioso tempo elaborando planos e vinganças ou até mesmo ficando com raiva e impedindo que bons sentimentos tomem lugar em nossas vidas. Já dizia o ditado: "Só colhemos aquilo que plantamos". Então, certamente "o troco" será dado, mas em momento algum foi dito que VOCÊ deve dar "o troco"! Alô! Isso é Física, Isaac Newton! Toda ação implica em uma reação, então ao invés de perder seu tempo (pois a vida é uma só) tratando mal alguém que nem sabe dos seus problemas, faz algo mais proveitoso: Vai ao parque, lê um livro (recomendo as Crônicas de Nárnia ^^), come, dorme, brinca, se diverte e da maneira mais enobrecedora e acima de tudo DO SEU JEITO: VIVA !

4 comentários:

  1. Uma simples palvar , pode derrubar.
    Uma simples ação , pode dilacerar um coração.

    ResponderExcluir
  2. Ô se pode ! É absolutamento incrível o poder das palavras.

    ResponderExcluir